Nedel sugere ao Ministro da Fazenda atualização do IR

O Vereador João Carlos Nedel enviou uma sugestão ao Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para a atualização da Tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), explicando que as regras do tributo estão defasadas e geram cobranças indevidas, que desaceleram a economia.

Atualmente, os trabalhadores que recebem mais de dois salários mínimos mensais recolhem imposto de renda na fonte, um número muito abaixo dos cinco salários mínimos exigidos na década de 1990, quando o IR deixou de ser atualizado. Conforme o Vereador Nedel, a não correção do imposto prejudica, principalmente, os brasileiros que menos recebem. “É preciso avaliar os efeitos que a não correção da tabela provocam na economia, pois, embora permita ao governo executar política fiscal, por outro lado impede as famílias de exercerem poder de compra”.

Uma pesquisa realizada pelo SESCON-RS, em parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), mostra que, se a tabela fosse atualizada, mais da metade dos 16 milhões de contribuintes, de 2016, não teriam que pagar o Imposto. Além disso, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceria 0,20% a mais por ano e 240 mil empregos seriam gerados. Ancorado por esses dados, Nedel contará com o apoio dos senadores gaúchos Ana Amélia Lemos e Lasier Martins para lutarem pela atualização da tabela no Congresso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s