Câmara discute turismo náutico e transporte hidroviário

A Câmara Municipal de Porto Alegre realizou sua Sessão Plenária a bordo dos barcos Catamarã e Cisne Branco, nesta quinta-feira, 12 de abril. Para discutir sobre o transporte hidroviário e o turismo náutico, autoridades da área apresentaram aos vereadores suas demandas e reclamaram das dificuldades para navegar pelo Lago Guaíba.

O Vereador João Carlos Nedel, Presidente da Frente Parlamentar do Turismo (FRENTUR), acompanha os assuntos da Associação do Turismo Náutico do Rio Grande do Sul (ATUN/RS) há muito tempo e explicou que os maiores entraves para o uso do Guaíba são o desassoreamento e a falta de balneabilidade. “Existem inúmeras possibilidades para aproveitarmos melhor o Guaíba. Mas, primeiro, precisamos melhorar suas condições de navegação e de banho através da parceria entre a iniciativa privada e o Poder Público”.

Nedel expôs os projetos que a Frentur está articulando na área náutica: colocação de trapiche nas ilhas da Casa da Pólvora e do Presídio; contato com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Desenvolvimento (SEMA) para autorizar o desassoreamento e a mineração da areia do Guaíba; incentivo aos esportes e ao turismo náutico e apoio aos projetos de revitalização da Orla Moacyr Scliar e do Cais Mauá.

“Estamos trabalhando para valorizar o Guaíba. Ele é muito importante para o fomento do Turismo, o desenvolvimento econômico de Porto Alegre, além de ser uma ótima opção para o transporte”, justificou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s